Contacts

Angola

salesianasangola@gmail.com

+244 924704217  
+244 923928253

+244923928253

Catégorie : Testemunhos

Testemunhos

Fruto vivo do Oratorio Salesiano

Buona sera

Querida Irmã Graça é com muito prazer e com tanta alegria que eu escrevo esta carta para ti…

Não são palavras vindas pela boca, mas sim, são palavras que vêm do fundo do meu coração.

Irmã Graça, irmã querida do meu coração eu sempre me recordo de ti, com muita alegria e cada vez que eu penso em ti recordo de grandes momentos que passamos juntos de modo especial o que vivemos no Oratório.

Irmã como é tao bom ter ao meu lado a Família Salesiana! Em toda a minha vida sempre dou graças a meu Deus pelo imenso amor que concedeu ao nosso amado e querido fundador Dom Bosco, e que hoje esse amor esta presente me toda a Família Salesiana.

Irmã Graça, eu sempre pelo a Deus e a Nossa Senhora que velem visivelmente os seus passos e, eu sempre rezarei sempre por ti e pela sua família, em minhas preces eu sempre rezo por ti para que Deus te de mais forças e inteligência para levar a Família Salesiana avante.

Irmã Graça, mesmo ao estares fora de Cabinda eu sempre sinto que você esta ao meu lado e eu espero que um dia o meu sonho de ser Salesiano dê certo. Contigo comecei o oratório e hoje com a graça de Deus e da Nossa Senhora já sou animador e ainda estou no grupo dos vocacionados e muitos me chamam de Salesiano porque sempre estou disponível no que as Irmãs precisam, desde sempre tive a vocação de ser padre mas não sabia qual Congregação, mas com todo o tempo e anos que estou convosco com oratoriano sempre tive o sonhos de ser padre salesiano e viver como viveu o nosso amado fundador Dom Bosco.

Este ano vou fazer a minha 10ª Classe espero resposta do Padre Victor Serqueira o Provincial, se me foi aceite dou graças a Deus mas se não me foi dou graças a Deus e esperarei entrar com minha 13ª Classe. Irmã Graça reze sempre por mim e pela minha vocação e não só também pelos jovens de São José. Nos te amamos e sempre estarás no meu coração. Beijos… saudações.

Beijos a toda Família Salesiana… mesmo sendo animador do oratório e vocacionado e ainda chamado de Salesiano anoa noa me sinto mesmo porque não tenho nada que diz que eu faço parte deste família (SDB).

Nome: Gerson Púcuta (Kirikuzinho – Oratoriano – Cabinda)

 
Testemunhos

Jovens da 3ª idade celebram o Jubileu de Ir. Graça



 MENSAGEM DOS 50 ANOS DE VIDA CONSAGRADA DA IRMÃ GRAÇA

Irmã Graça é Filha de Maria Auxiliadora, filha da mãe Laudira e pai José.

No longínquo ano de 1968 dia 19 de Dezembro fez 20 anos de idade, no mês seguinte ao 24 de Janeiro fez a sua profissão religiosa. Em nome de milhares de jovens que diretamente gostariam de estar presentes, ex-estudantes, catequistas, animadores juvenis de oratório e não só, sentimo-nos tocados com o testemunho de vida humana e fé religiosa que a Irmã Graça nos proporciona desde 1983que chegou em Angola, somos um sinal de vida sem limites e de amor além-fronteiras.
 
A Madre Yvonne (Superiora Geral do Instituto) vos convida: ‘Desde o amanhecer até o anoitecer, nos cinco Continentes, se elevará ao Pai um hino de agradecimento, no qual renovaremos nosso ‘SIM’ unindo-o àquela de Maria’. Um dia especial, uma data maravilhosa! Uma história que começou há 50 anos, com a celebração dos primeiros votos religiosos. Os encontros daqueles dia no se apagaram, continuam até hoje, para mostrar a todas/os que vocação é dom de amar, servir-se e doar-se. 
Agraciada por Deus teve uma família que a iniciou à vida cristã na comunidade desde a infância abriu-lhe o caminho para seguir a sua vocação. Desde cedo, 16 anos, começou sentir o chamado para ser Serva de Deus, iniciou um acompanhamento especial com outras jovens que possuíam o mesmo sonho.  Agradecemos a Deus e sua família que a iniciou na fé e sempre a incentivou dando apoio e estimulo. Agradecemos também todo povo de Deus que a acolheu e acolhe nos vários lugares onde tem vivido e assumido sua missão.

 
‘Ser religiosa é questão de muito amor. É resposta livre e consciente a um chamado, uma adesão a Jesus Cristo que nos chama pelo nome para segui-lo não só como ouvinte, mas como colaboradora, testemunhando o Reino de Deus’. O jeito de viver, seguindo Jesus Cristo a serviço dos irmãos e irmãs na Igreja vale a pena ser vivido, quando deixamos a família paterna temo s a certeza de que encontramos uma família bem maior que nos acolhe, primeiro a Congregação e depois os jovens, segundo os desígnios de Deus na maneira de São João Bosco e Madre Maria Domingas Mazzarello.

Celebrar 50 anos de Vida Consagrada é uma grande alegria e momento de louvor e gratidão a Deus e a todos aos irmãos e irmãs que com ela partilham a vida e a missão em toda a sua caminhada. Quanta riqueza, quanta experiencia, quantos desafios e quanta alegria vivenciada nestes anos!
 
A cada dia os desafios aumentam, aumenta também a força, a luz e a graça que Deus nos dá para responder e dizer: Senhor, toma-me como eu sou e faça-me como tu queres que eu seja. Deus sempre está presente e nos conduz para realizar nosso projeto de vida. Procuremos ser como somos e sendo assim seremos felizes. ‘Com Maria, só nos resta cantar: ‘O Senhor fez em mim maravilhas porque ELE é Santo.’ 
Não somos nós, mas é Deus quem quer que assumamos a vida conforme a Sua vontade. ‘Somos o que somos com a graça de Deus’, como diz São Paulo. A vida consagrada é um chamado de Deus a se colocar no meio do mundo. Deus precisa destes sinais na sociedade. Que continue em nome do INSTITUTO DAS FILHAS DE MARIA AUXILIADORA ser um monumento vido de devoção a Maria Auxiliadora por Deus te confiar.

Tutondele, Tantas Graças, Muito Obrigado, Tuasakidila, Twapandula.

Luanda 27 de Janeiro de 2018
 Os jovens da Terceira Idade























“De sua plenitude recebemos graça sobre graça”

                                                                 Jo 1,16
No dia 27 de Janeiro de 2018, na Paroquia de São José de Nazaré, na Cidade de Luanda, 
a Irmã Maria das Graças Souza celebrou seu Jubileu de Ouro de Vida Religiosa Consagrada. 
Após 50 anos de Consagração a Deus, a Ir. Graça renovou seus votos de Castidade, 
Pobreza e Obediência, renovando seu Sim a Deus, no serviço à vida, por Amor.
A Eucaristia foi celebrada pelo Arcebispo de Luanda Dom Filomeno Vieras Dias 
e concelebrada pelo Inspetor salesiano Padre Victor Sequeira 
e pelo Padre Manuel pároco de S. José de Nazaré e o pároco de S. Paulo Padre André. 
A celebração foi bonita e emocionante. Dom Filomeno foi muito convincente 
ao mostrar o que é ser religiosa, ao explicar que a religiosa se realiza 
nas suas atribuições quando ela é fiel ao que escolheu 
e a irmã graça é “um exemplo de graça de Deus” referiu o Arcebispo.